quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

A DEMORA É FATAL

A demora é fatal
Quebre as travas das palavras
Se ouvir um não...
Valeu a tentativa
Viva a ilusão
Crie expectativa
A vida passa....
Nada voltara a ser como foi um dia
O tempo sufoca a magia,o encantamento
Cala a melodia.....
Que hoje palpita dentro do peito
O tempo urge sem respeito
Surge o lamento,arrependimento
É aí que você chora a demora
Caí no esquecimento
Ouça meu conselho
Viva tudo agora
Antes que passe da hora
E acabe em lamento

CeiçaProcópio

Amargurada

Impotente,é assim que me sinto
Tantas lutas eu venci
Hoje estou aqui
Sem forças..
Sem nada que me faça sentir
Que ainda resta esperança
Desamparada feito criança
Assim estou,sem planos...
Nada restou.....
Apenas o não escancarado
Da vida que já não resta tanto
Apenas pranto,nada mais.... 

CeiçaProcópio


Na calma do sono tranquilo

Vem a paz transcendendo a alma
Na calma do sono tranquilo
Depois do amor.......
Dois corpos colados,cansados
No calor do abraço,feito laço
Ausentes de tudo
No sono mudo
Onde o silencio diz mais
Que todas as palavras
Feliz sem travas
Sem nada que desfaça
O encontro das almas gemeas
Fazendo de nós 
Os seres mais felizes.....
CeiçaProcópio

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Amar é renascer

Encontrar te foi o milagre
Que reage aos meus extintos
Miragens que vem
Selvagens numa paixão
Ilusão é a felicidade
Realidade e bem mais
Envolta na paz
Que faz tudo ficar colorido
Amar é renascer
Ser o mar,o universo
no resumo do doar
Feito rima do verso
Fascina do jeito perfeito
Alucina explode no peito
Determina felicidade
Amor na intensa verdade
CeiçaProcópio

Despertando o amor

Seu olhar me faz capaz
De desejar o beijo
Desperta paz
Querendo o aconchego
Basta sentir te perto
Fluir o certo
Estagnar o não viável
Amar é louvável
Ser feliz,aprendiz a cada passo
No espaço que se faz resumo
Estar nos seus braços
Ocupando todo espaço
Colar em ti
É assim que me acho
Sou enfim seu caso
Complicado ou simplificado
Recuperado na magia do teu olhar
Somos pássaros a voar
No querer de ser feliz e amar 
CeiçaProcópio


Final

No começo tudo lindo
Flores colorindo,o caminho da felicidade
Veio o tempo,arrasou sem argumento
Acabou o belo sentimento
Desabou....
Foi ao chão
Desilusão descontentamento
É o sofrer de quem ama
Alimenta a chama
Aos poucos apaga
Momentos loucos
Viram rotina
Desatinam.....
Perdem a cor
Acaba o amor....
Ceiça Procópio

Eu e você,nada mais

`Por acaso virei seu caso
Apaixonei....
Todo meu amor entreguei
Você,me fez renascer na paz
Sentir me novamente feliz
Hoje creio que esse amor
Chegou feito prece
Do jeito perfeito
Que merece dois seres especiais
Dois pobres mortais
Vivemos dores
De amores fatais
Hoje chegou a felicidade
Dentro de nós
Na vós da paz
Do amor lindo
Transformando a vida em realidade
CeiçaProcópio



 
 
 

Nada aconteceu

Sinto o drama
 Vida em chama
Que arde,no desfazer
Covarde modo de ser
Nada á ver.....
Simples aos olhos alheios
Que veio do querer
Resto do ser...
 Conheceu a felicidade
Hoje chora a saudade
Na demora que não crê
Apavora......
Passou da hora
Acabou a história
Sem acontecer...
CeiçaProcópio

Sentir me absoluta

Quero o amor que me faça flor
Essência pura,da futura felicidade
Prazer de ser realidade
Sentir o calor do abraço
Presa,feito laço
Sentir me absoluta
Acaso da luta,contra o descaso
Quero amor sincero
Na paz serena que refaz
Imensa crença que compensa
Tomando conta da mente
Quero ser amada eternamente
CeiçaProcópio