quarta-feira, 29 de junho de 2011

Ti envolverei na minha magia

Feche seus olhos
Adormeça em meus braços
Que a suave melodia
Entorpeça seus sonhos
Que vc viaje,nas magias
Dos encantos
Permaneça,na plenitude
Do meu querer
Estarei ali,zelando por você
Admirando seu semblante
Como um navegante
Extasiado na beira do mar



Ceiça Procopio

NO BLUES OU NO ROCK PESADO

Nosso amor é tão lindo
É flor no caminho encantado
Perfumando nosso mundo
Que no fundo é tudo de bom
No som da canção romântica
Na dança de corpos colados
No blues ou no rock pesado
Somos felizes
Sem crises sem fatos banais
Nosso amor vive a paz
Delicia de sempre querer mais
É assim que eu existo
Toda pra você
No prazer de ti ter
Me doar,toda para você
E na vida apenas amar
amar e amar....

CEIÇA PROCOPIO

VIVER SEM LIMITES

O amor é uma loucura
Que me faz feliz
Vem ser aprendiz das minhas travessuras
Na delicia da insanidade pura
Viajaremos na felicidade
Por lugares que o prazer não tem limites
Tudo permite no querer
Ter o mundo todo nosso
Com você eu quero
Com você eu posso
Viveremos sem limites
Tudo que o amor permite
Na intensa felicidade
Que existe só para nós

CEIÇA PROCOPIO

quero amor e paz

Sonhar eu já sonhei demais
Hoje quero realidade
Quero um amor que traga paz
O calor de um sentimento sincero
Se não for assim pode seguir
Cansei de carinhos banais
Desse clima irónico
Quero amor e paz
Nada mais
Não quero ser usada
Quero ser amada

CEIÇA PROCOPIO

CORAÇÃO POETA

No coração do poeta
Mora a solidão
De maneira discreta
Ele chora nas palavras
A triste desilusão
Vive no silencio
Faz da vida isolamento
Trocaria mil rimas
Por uma noite de amor


CEIÇA PROCOPIO

domingo, 26 de junho de 2011

MAIS UM ENTRE TANTOS

O amor nunca vai pela razão
Segue na contra mão
É um sentimento cego
Guiado pela paixão
Sua meta a felicidade
Não tem rumo segue lento
A realidade,que o sentimento quer
Viver o prazer
Da sua própria razão
que nem sempre vem acontecer
Cai na decepção.....
Chora ,é só mais uma desilusão
Entre tantas que a vida sofreu
Erra,é um eterno aprendiz
Tentando descobrir como ser feliz

Ceiça

quarta-feira, 22 de junho de 2011

SAUDADE SEM TRAVAS

Estou em cada palavra
Nas lágrimas de sofrimento
Dessa saudade sem trava
Que aninha no meu coração
Onde um dia tu fez morada
Vivemos tão linda paixão
Jurava nunca ter fim
Acreditava ser para sempre
Derepente tu foi de mim
Levou contigo a felicidade
Me deixou em desabrigo
Na triste realidade
De jamais ter você comigo



CEIÇA PROCÓPIO

segunda-feira, 6 de junho de 2011

EM TUDO SÓ RESTOU SOLIDÃO

Em cada momento um ato
Em cada ato uma desilusão
Na desilusão o tédio
No tédio a dor
Na dor a saudade
Na saudade o querer
No querer a esperança
Na esperança o cansaço
No cansaço a lágrima
Na lágrima o soluço
No soluço a agonia
A certeza que tudo foi fantasia
Um sonho da vida tardia
O tempo não compriu
A magia que prometeu

CEIÇA PROCOPIO

EU SÓ QUERO POEMAS

Que tal deixar de prosas
Sermos mais poemas
Não vamos destruir as rosas
São meigas serenas
Vamos voltar as rimas
São elas que afloram os climas
Que despertam as belezas
A sutileza que predomina
Determina o valor
Que o amor oferece
Fazendo das palavras preces
Sem travas,obedecem o amor
Senhor da felicidade

CEIÇA PROCOPIO