sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

É TUDO O QUE TI PEÇO


Vem faz de mim teu repouso
Tua paz teu pouso
Feito um beija-flor
Repousa em mim todo o teu amor
Quando se sentir refeito,vá e me guarde no peito
Leve contigo o meu perfume
Minha ternura
Resume nossa história
Cante a tua vitória
E quando estiver de regresso
Nunca me esqueça ,é tudo que peço
CEIÇA PROCÓPIO

MELHOR DE MIM


Busquei a cor mais vibrante
O brilho do diamante
O perfume enebriante do absinto
Deixei transprarecer o que sinto
Sou feliz com intensidade
Colorir,iluminar e perfumar
Esse desejo que vem da alma
Calma que se fez evidente
Eloquente na mistura exata
Fato que relata quando estamos completos
Assim como eu me sinto agora.......
CEIÇA PROCOPIO
o

quinta-feira, 15 de janeiro de 2009



Quando tudo estiver perdido,não pense em castigo

Faça o que eu digo,olhe para frente.

Quando a saudade machucar dimais,chore

corra atráz.

Vc é dono do seu sonho,não fique tristonho

Refaça disfaça melhore...

Siga ria chore,tudo vale como esperiência

Reflita e não demore, pois a vida pede urgência

Ceiça Procopio

RESTOS DE MIM

A vida passa e com ela as portunidades
abrimos as mãos ela foge feito um passáro
cortando espaço
Quantos sonhos quantas felicidades jogadas no acaso
Hoje paro e refaço minha história,convenso
que passei da hora
As sementes que plantei não germinaram,não cuidei
terminaram secas e sedentas por conta de uma vida violenta por qualquer acaso
Nesse chão árido hoje eu caminho,sem destino a solidão ocupou todo o espaço
Perdi meu tempo correndo atrás do vento dos amores falsos
Hoje sou resto,pedaços das pequenas aventuras inseguras
Protestos de um passado das minhas desventuras....

CEIÇA PROCÓPIO

sábado, 3 de janeiro de 2009

SINFONIA DO AMOR


Falo sério esclareço o mistéro por completo

Faço clima que vira verso

Confesso teu jeito,aceito e obedeço as regras

Sem pressa eu ti exploro e ti devoro

Nada existe que me impeça

Qdo começamos a mente perde a pressa

Tudo fica natural

O mundo o amor,tudo em plena sintônia

Real e profundo feito o som suave de uma sinfônia

CEIÇA PROCOPIO

VIAGEM


Abri as asas alcansei o céu
Leve feito papel
Peguei carona em uma estrela cadente
Derepente toquei o chão,reluzente chamei atenção
Foi nessa explosão que aconteci
Renasci liberta da solidão
permaneci assim dona de mim,feliz
sem censura.
Vivendo a ternura do amor,na flôr da noite
que perfuma o dia
Eu e vc nessa magia da total alegria
CEIÇA PROCOPIO

sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

AMOR

A

Amo e amando tanto faço do meu amor o encanto cultuado

Flor do pecado acalentado no meu coração

Tudo entre vc e eu é sagrado,refeito e consagrado

Dom mais que regrado,tudo que faz o mundo mais bonito

O grito o agito a calma que paira suavemente,no sono contente

no abandono do corpo e da mente depois do amor....

CEIÇA PROCOPIO

RELATOS


Amor que tarda a dor árdua que subtrai a essência
Desfaz e se faz carência,um corpo na escuridão
morto sem paixão
Querendo paz,um beijo apaixonado bem mais que ser amado
Um balanço na rêde,descanso sem sêde de mais um pouco
Louco sem trelas,amando todas elas enganando a si mesmo
No contexto do irreal
Pretesto natural vindo de vc
Achando mais que normal esse teu jeito de querer
CEIÇA PROCOPIO

quinta-feira, 1 de janeiro de 2009

MELHOR É AMAR


Na ternura e procura,no desejo que relata o beijo
Espalha e ultrapassa a mente
Vagueia insistentimente,querendo morrer de prazer
no conforto do teu corpo quente
E após adormecer em paz
No tanto faz da ilusão
O importante é a sensação do instânte
o depois é quem sabe?
É o tanto faz?
O melhor é não perder jamais a essencia do prazer
que só de pensar já satisfaz
CEIÇA PROCÓPIO