terça-feira, 13 de outubro de 2009

Exemplo do amor verdadeiro

Tome um bocado
de argila molhada
Transforme em duas figuras
Como se fosem eu e você
Depois de pronta,molhe novamente
Misture as massas suavemente
Capriche,jogue fetiche
Tudo que a imaginação permite
Transforme em uma figura apenas
Delicadamente como se fosse um poema
Misturamos nossas essencias
No querer intenso, com cheiro de felicidade
Gostinho do amor verdadeiro
Assim vejo o amor sincero
Eterno,que só a morte com seus mistérios
Será capaz de separar

Ceiça Procopio 13/10/09

Nenhum comentário:

Postar um comentário