sábado, 20 de novembro de 2010


Um comentário:

  1. As vezes um papel perdido no vento, encontra a mão que preencha com letras generosas a palavra amizade. Isto quando soletrado, pode dar uma nova versão da história. O vento, em brisa suave, leva essas letras a quem merecer. Deixe a natureza seguir se curso. bjsss

    ResponderExcluir