quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Arrebol

Quantas saudades
Do seu arrebol
Das belas fontes
do alto dos montes
Esperar o sol
Dourando as colinas
Prateando as campinas
Eu feito bailarina
Entre as flores do campo
Estasiante o encanto
Ah como eu queria
Viver só um instante
A maravilha,a alegria
Que vivi antes

Ceiça Procópio

Nenhum comentário:

Postar um comentário