domingo, 27 de março de 2011

EXISTO SÓ NO PRESENTE

Entre uma balada e um blues
O corpo que seduz
A melodia bate contra minha insanidade
Vivo a alegria da perfeita felicidade
Amanhã,outro dia
Eu existo apenas no presente
Me basta,é o suficiente
Na valsa,no rock,no que vier
Com você eu estou afim
Toma conta de mim
A noite é nossa
Sente o perfume das rosas
Misturada com a essência do jasmim
Clima romântico
Tomando conta de mim
Transcendendo o meu ser
Despertando prazer
Eu e você,apenas uma vez
O futuro é talvez

CEIÇA PROCOPIO

Nenhum comentário:

Postar um comentário