quarta-feira, 30 de março de 2011

POETIZANDO A NATUREZA

No verde das montanhas
Flores de todas as cores
Encantam e assanham
Pássaros e borboletas
Nos vales, água correm em suas entranhas
Eu poetizando
Transformando a beleza em letras
Relembrando,a impetuosidade de tantos amores
Antes decifrados em felicidades
No agora,resta saudades
Na solidão resta o vazio do coração
Passou,pouco resta
O silencio e as rimas do poeta

CEIÇA PROCOPIO

Nenhum comentário:

Postar um comentário