sexta-feira, 28 de outubro de 2011

PERDAS E DANOS

Desabei no cansaço
Desfiz os laços
Joguei fora os pedaços
Não tem porque ficar colando
Jamais será igual ao começo
Reconheço,também fui culpada
Sobrou espaço
Tomada a decisão
Cada um segue seu rumo
Acabamos no resumo,da insatisfação
Assim segue a vida
Hoje o sim,amanhã o fim
Pagamos o preço,dos erros cometidos
Assim seguimos
Entre perdas e danos....
Ceiçaprocopio


Nenhum comentário:

Postar um comentário