domingo, 24 de junho de 2012

Inocência cega

Adoro seu jeito de criança
Suas fantasias,cheias de esperanças
Inocência e pureza,que a vida desfaz
Na tristeza de ver revelado
As dores que a vida trás
Nada é tão viavél....
Tem sempre algo a proibir
E assim levamos a vida
Nessa luta,sem poder desistir
Feliz de ti que ainda preserva
A Inocência cega
Pureza da beleza que rega
as sementes dos sonhos
do seu encantado jardim

Ceiça Procopio

Nenhum comentário:

Postar um comentário