sexta-feira, 22 de março de 2013

Saudade é dor que desespera

Quando a saudade vem
Não tem jeito de ocultar
Tristeza,sinto falta do meu bem
Que já não dá mais para aguentar
É dor que desespera
Quem dera ter asas e voar
Chegar até você,sentir o gosto do prazer
Do beijo,do cheiro...
Ter você inteiro
Colar em ti,feito tatuagem
Nunca mais ti deixar
Nessa viagem rumo ao paraíso
É tudo que eu preciso
Ouvir seu riso
Adormecer nos seus braços
Meu abrigo meu laço...
Ceiçaprocópio
 


Nenhum comentário:

Postar um comentário