domingo, 15 de agosto de 2010

----------------------TRAVESSURAS----------------------


Deixa de travessuras,garoto esperto
Tem ternura no deserto das palavras
Perde as travas seduz feito luz na escuridão
Querendo provocar a paixão
Eu finjo acreditar,assim como você eu também sei jogar
No fim fica tudo igual
Feito fanfásia de carnaval
Desbota perde o brilho
Acaba num canto
Perde o encanto ...Desaba
Cai no esquecimento e assim vai o tempo
Sem lamento
No fim nem para você nem para mim
Usamos e abusamos,ninguém sai vencedor
Nos sonhos enventados sem legados
Acabamos saturados
Voltamos,cada qual para seu lado
CEIÇA

Nenhum comentário:

Postar um comentário