terça-feira, 7 de setembro de 2010

---------------------FILHOS DA NOITE-------------------------

Galera reunida
A noite é um convite
Lua cheia maré mansa
Ningém resiste a música e a dança
Luau na areia dourada
No reflexo da fugueira
Percussão animada
Mais uma virada
Violão faz som que vagueia
Na vóz alucinada
Da galéra apaixonada
Entre beijos e gargalhadas
Que pena!
Já é alta madrugada
A lua terminando sua jornada
O sol ja vem dando as caras
O som ainda rola
Na emoção aflorada
"Bora galera que já é dia"
Somos filhos da noite
O açoite que contagia
A tribo se despede
No rosto cansado o sorriso
Ser feliz ninguém impede
Esse é nosso paraiso
Música,dança e pouco juizo
O resto é banalidade
Da vida é preciso
Viver a felicidade
CEIÇA


Nenhum comentário:

Postar um comentário