quinta-feira, 14 de abril de 2011

DIVAGANDO

Divago nos meus sonhos
Sem rumo,no resumo
Me perco nos becos escuros
Viajo nos anéis de saturno
Insâna prossigo
Tentando me encontrar
Nesse mundo não existe lugar
Minha vida sem amor
É ferida aberta
Já não suporto a dor
Na vida incerta
Desse meu eu isolada
Triste calada
Na vida fiz tanto
Hoje sofro,não restou mais nada

CEIÇA PROCÓPIO

Nenhum comentário:

Postar um comentário