sexta-feira, 20 de maio de 2011

SEM REGRAS

Insanidade faz parte de mim
Só assim sou normal
No meu mundo ideal
Onde sou liberdade
Jamais sigo regras
Minhas entregas calculadas
Na minha loucura,sou pura
O avesso do contesto
Não pago preço de torturas
Sou livre dessas aparências
Sou claridade,jamais obscura
Coragem de assumir minhas loucuras


CEIÇA PROCÓPIO

Nenhum comentário:

Postar um comentário