terça-feira, 31 de maio de 2011

UM PAPEL AO VENTO

Me perdi nos becos da vida
Procurando a felicidade
Na euforia,acabei desiludida
Hoje sou um ser sem rumo
No resumo cruel
Feito um papel
Perdido no vento


CEIÇA PROCOPIO

Nenhum comentário:

Postar um comentário