segunda-feira, 6 de junho de 2011

EM TUDO SÓ RESTOU SOLIDÃO

Em cada momento um ato
Em cada ato uma desilusão
Na desilusão o tédio
No tédio a dor
Na dor a saudade
Na saudade o querer
No querer a esperança
Na esperança o cansaço
No cansaço a lágrima
Na lágrima o soluço
No soluço a agonia
A certeza que tudo foi fantasia
Um sonho da vida tardia
O tempo não compriu
A magia que prometeu

CEIÇA PROCOPIO

Um comentário:

  1. (....)O tempo não compriu
    A magia que prometeu
    Perfeito poema Ceiça,simplesmente perfeito...
    Tonni Lima

    ResponderExcluir