quarta-feira, 14 de setembro de 2011

PALAVRAS SM TRAVAS

Poesia é feito nascente de um rio
Não consente em represar
Segue na correnteza do leito frio
Das palavras a bailar
Totalmente sem travas
Como a fluente nascente
Correndo abraçar o mar
Ceiçaprocópio

Nenhum comentário:

Postar um comentário