quarta-feira, 12 de outubro de 2011

EU SÓ QUERIA

Eu só queria nessa vida
A felicidade desmedida
Fugir da realidade
Mergulhar de cabeça,na felicidade
Ser o sentimento escancarado sem recato
Ser fato que consome
Chamar seu nome,quando a saudade doer
Sermos um do outro até morrer
Ceiçaprocópio

Nenhum comentário:

Postar um comentário