segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Falo das flores

Falo das flores procuro amores
Acabo sem ninguém
Me faz falta um bem
Um amor de verdade
Minha metade, quem me complete
Minha meta, a felicidade
Viver comigo a realidade
A certeza de ser amada
A realeza de ser feliz
Viver tudo e muito mais
Ser capaz de transformar
Meu mundo em pura paz
Ceiça procopio

Nenhum comentário:

Postar um comentário