segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Incapacidade

Vida que invade,tempo que acaba covarde diante dos sentimentos
Faz sua parte,sem ser ousada acaba na ciladas das suas incapacidades
Se não fosse essa tua incerteza,viveria a beleza embriagada,
das noites e madrugadas
Seria mais amada, seria mais feliz

Ceiça Procopio 15/12/08

Nenhum comentário:

Postar um comentário