sábado, 11 de dezembro de 2010

----------SUTILMENTE INSANA------------------


Não me procure nas evidências
Nem nas coisas faceis
Minhas saliências são fatais
Sou santa e insâna
Sou gueixa que ti deixa extasiado
Cometo o pecado sem recato
Gosto de tudo a seu tempo
Sutileza,nos sentimentos
Na essencia,que flui cada caricia
Nos momentos alucinantes
Dos amantes......
Ceiça

Nenhum comentário:

Postar um comentário