terça-feira, 8 de março de 2011

CASO DO ACASO

Nada entre nóz
Nem uma chance
Apenas a voz fora do alcance
Um dia riso outro atrito
O grito no infinito
Um caso sem solução
Uma simples ilusão
Feito um mito
Algo que não existe
Fantasmas tristes
Desse nosso caso
 É um lance passageiro
Caso do acaso....
CEIÇA

Nenhum comentário:

Postar um comentário