domingo, 26 de junho de 2011

MAIS UM ENTRE TANTOS

O amor nunca vai pela razão
Segue na contra mão
É um sentimento cego
Guiado pela paixão
Sua meta a felicidade
Não tem rumo segue lento
A realidade,que o sentimento quer
Viver o prazer
Da sua própria razão
que nem sempre vem acontecer
Cai na decepção.....
Chora ,é só mais uma desilusão
Entre tantas que a vida sofreu
Erra,é um eterno aprendiz
Tentando descobrir como ser feliz

Ceiça

Nenhum comentário:

Postar um comentário