domingo, 24 de junho de 2012

Nos meus sonhos ti criei

Eu juro que ti amei
Nos meus sonhos ti criei
Confesso não imaginei
que no futuro
Doeria tanto
Quanto hoje está doendo
Confesso não entendo
Esse meu jeito inconsequente
querendo tanto um amor
Me entrego ao acaso
Dos sonhos transformados em dor
Ceiça Procopio

Nenhum comentário:

Postar um comentário